Dados da Escola

G.R.E.S.

Arco Íris

FICHA TÉCNICA

Fundação : 2017-02-09
Cores : Vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e vi
Presidente : Eduardo Wagner
eduardo-arco-iris
Símbolo : Arco íris e cavalo marinho
Facebook : https://www.facebook.com/eduardo.wagner.756
Site : https://duducaz.wixsite.com/arcoiris
Localização : Bairro da Pedreira, Belém - PA
Grupo : Especial

OUTROS CARNAVAIS

Ano
2017
Grupo
B
Col
2
Enredo
Boo!
Carnavalesco
Eduardo Wagner
Pontos
138,1

Ano
2018
Grupo
A
Col
1
Carnavalesco
Eduardo Wagner
Pontos
209,9

Ano
2019
Grupo
Especial
Col
2
Carnavalesco
Eduardo Wagner
Pontos
140

PREMIAÇÃO


ANO GRUPO CATEGORIA
2017 B MELHOR ESCOLA (Estandarte Virtual)
2017 B MELHOR CONJUNTO (Estandarte Virtual)
2017 B MELHOR EVOLUÇÃO(ESTANDARTE VIRTUAL)
2017 B MELHOR ENREDO(ESTANDARTE VIRTUAL)
2017 B MELHOR FANTASIA(ESTANDARTE VIRTUAL)
2017 B SENSAÇÃODO SAMBA - MELHOR ACABAMENTO
2017 B SENSAÇÃO DO SAMBA - MELHOR ENREDO
2017 B UESM FOLIA - MELHOR ENREDO
2017 B UESM FOLIA - MELHOR FANTASIA
2017 B UESM FOLIA - MELHOR ALEGORIA
2018 A Melhor Escola (Estandarte Virtual)
2018 A Melhor Alegoria (Estandarte Virtual)
2018 A Melhor Comissão de Frente (Estandarte Virtual)
2018 A Melhor Enredo (Estandarte Virtual)
2018 A Melhor Evolução (Estardante Virtual)
2018 A Melhor Escola (Uesm Folia)
2018 A Melhor Comissão de Frente (Uesm Folia)
2018 A Melhor Escola (Uesm Folia)
2018 A Melhor Evolução (Uesm Folia)

Saiba Mais


O Grêmio Recreativo Escola de Samba Arco Íris foi fundado em 09 de fevereiro de 2017 por Eduardo Wagner, professor e carnavalesco em Belém do Pará, como consequência de uma atividade com alunos do primeiro ano do Ensino Médio da Escola de Aplicação da UFPA, que consistia na elaboração de uma maquete de carro alegórico. Em meio às pesquisas para ilustrar a atividade, Eduardo encontrou a UESM e seus desfiles pelo mundo virtual da internet. Assim, surgiu a ideia de criar uma escola de maquete. E nasceu a Arco Íris. A Arco Íris é uma escola criada unicamente para integrar a União das Escolas de Samba de Maquete – UESM. Seu nome, Arco Íris, é uma homenagem à escola de samba de mesmo nome que existiu em Belém durante a década de 1980, representante do populoso bairro do Guamá. Essa escola, além de trazer para a cidade artistas como Joãsinho Trinta, também firmou grandes mestres do carnaval paraense, como os carnavalescos Néder Charone e Bichara Gaby. O Grêmio Recreativo Guamaense Arco Íris promoveu desfiles fabulosos na Avenida Visconde de Souza Franco (a Doca), com alegorias gigantescas e fantasias luxuosas, marcando uma época em que o carnaval da cidade foi considerado o terceiro melhor do país. Travava disputas acirradas com suas rivais: o Acadêmicos da Pedreira, o Império de Samba Quem São Eles e o Rancho Não Posso Me Amofiná – a quarta escola mais antiga do país, fundada em 1934, do também populoso bairro do Jurunas. A Arco Íris de maquete é sediada no bairro da Pedreira, em Belém. Possui como símbolos o arco íris, símbolo original da escola real, e o cavalo marinho, um dos animais do orixá Logun Edé – divindade da beleza e das artes na cultura yorubá-nagô. Suas cores atuais são o branco, o amarelo-ouro e o verde-esmeralda. Participa pelo terceiro ano do carnaval da UESM, agora concorrendo pelo Grupo Especial. Foi vice-campeã do Grupo B, em 2017, e campeã do Grupo A, em 2018.