CARNAVAL DE MAQUETE


   

   

Grêmio Recreativo Escola de Samba de Maquete

Dragões da Reais


UMA HISTÓRIA DE AMOR ,NÁRNIA É O LIVRO DO MEU CARNAVAL


Carnavalesco : Tiago Miranda coelho
Samba utilizado(Escola/Ano) : SALGUEIRO 2010
Interpréte : Quinho

SINOPSE


Autor(es) : Tiago Miranda


UMA HISTÓRIA  DE  AMOR  ,NÁRNIA É O LIVRO DO MEU CARNAVAL

Autor: Tiago Miranda

Um mundo  fictício  criando pelo autor Clive Staples ,durante  a guerra (Londres ) ,para  que  seu filho possa  ser  distrair  dentro  de  casa, Será representado  o surgimento  do livro  ,que  se espelhar no surgimento  de  NÁRNIA    ,
contém aspectos do Cristianismo, é apresentado de forma mais acessível as crianças. A luta  do  bem do mal ,do certo  e o errado  , com criaturas  mágicas encantadoras é  lúdicas ,estará  bem visível  e um enredo é de pura  fantasia, e uma obra  de arte  em formatos  de  livros  e filmes ,são  páginas que escrevem pensamentos  , criando   personagens é  passagens  para  outros mundos ,sonhos  ,é  iluminado  a memória, trazendo  discussão  ,sobre  preceitos  religiosos  sobre  a fé  ,Desde tempos e tempos  o relógio  da vida  e à  própria  vida  que tem um início  e um fim , um enredo  de uma história   amor  de  um pai  que  escrever  um livro  para  um filho  ,que se tornar um sucesso  mundial  , onde  não  tem  fim , para  quem   tem NÁRNIA  em seus corações  ;se encoraja  a luta  pelos  seus  sonhos, fora que  a leitura  estimular  a mente  da humanidade. Fazendo  a humanidade  renascer  como a fênix ,se tornando  pessoas  cultas  e culturais e acredita  que o mundo  não  é  que vemos é  se basear  no que  acreditamos 

 

As crônicas de Nárnia (no originalThe Chronicles of Narnia) é uma obra literária do escritor irlandês C. S. Lewis que conta as aventuras e desventuras de algumas crianças (e de alguns adultos também, porém de maneira secundária) no Universo paralelo de Nárnia, e é dividida em sete livros que foram escritos separadamente.

Esta obra era praticamente desconhecida no Brasil até o lançamento do primeiro filme, o que fez com que o livro fosse um dos mais vendidos no país.

Os sete livros foram ilustrados por Pauline Baynes, que foi apresentada a C. S. Lewis

O autor escreveu primeiramente “O Leão, a Feiticeira e o Gaurda-Roupa”, sem ter a intenção de continuar com a história. Quando ele decidiu então por continuá-la, resolveu resgatar um pouco da história que não foi contada no primeiro livro através dos que se seguiram, por isso a ordem de publicação não segue a ordem cronológica.

Portanto, não existe uma ordem oficial para ler os livros, já que um complementa o outro com informações esparsas que vão dando sentido à história como um todo, mas as duas versões mais aceitas são as seguintes:

7 - A Última Batalha.

A segunda versão (cronológica) foi sugerida por um leitor a Lewis, que gostou muito da idéia, mas nunca a tornou oficial, justamente para dar liberdade a outros leitores que quisessem tomar outro “rumo” na história.

O mundo de Nárnia:

Nárnia refere-se tanto ao Universo paralelo ao nosso quanto ao país existente neste Universo. Juntamente com o país Nárnia existem também outros países, como a Calormânia e a Arquelândia, que também são desenvolvidos no decorrer dos livros.

Para se chegar a este mundo é preciso a ajuda de algum anel (O Sobrinho do Mago), um guarda-roupa (O Leão, a Feiticeira e o Gaurda-Roupa), um quadro (A Viagem do Peregrino da Alvorada) etc. e para voltar de lá, freqüentemente é necessária a ajuda de Aslam, leão que foi o criador de Nárnia (O Sobrinho do Mago), e que é o único personagem a aparecer em todos os 7 livros.

Os livros têm evidentemente uma temática cristã, sendo o leão a imagem de Deus e os sete livros a imagem da vida do cristão, começando pela Criação, ou Gênesis (O Sobrinho do Mago) e terminando pelo Fim dos Tempos, ou Apocalipse (A Última Batalha).

O livro é cheio de mensagens cristãs de amor, paz e esperança em um ser maior e mais poderoso que todos nós (Aslam / Deus), mas também no respeito e na obediência a este ser, para nosso próprio bem.

 


Escute o Samba

Escola/ Ano: SALGUEIRO  2010
Compositores:
Betinho Do Ponto / Brasil Do Quintal / Fernando Magaça / Jassa / Josemar Manfredini

Intérprete: Quinho

 

 

 

Brilhou... realidade e fantasia
Como nunca imaginei
Na arte do saber um novo amanhecer
Divina criação, primeira impressão
O livro sagrado da vida

Virtude pra eternidade
A leitura estimulando
A mente da humanidade

Eu viajei nessa magia
De alma e coração
Na fonte da sabedoria
Busquei a minha inspiração

Páginas descrevendo pensamentos
Clássicos, ideais e sentimentos
Romances... adventuras
Quanta riqueza na nossa literatura
O faz de conta inocente da criança
Ficou guardado na lembrança
Mistérios... suspense... emoção
É o hábito de ler, folheando com prazer
Muito além de uma visão
Mensagens de esperança
Clareando a imaginação

Uma história de amor
Sem ponto final
"academia do samba" é salgueiro
No "livro do meu carnaval"